NOSSA HISTÓRIA

Criterion - FRONT PAGEA história da maioria das empresas se mistura um pouco com a de seus fundadores, ainda mais quando ocorre de forma tão orgânica.

É muito comum em conversas de amigos, de familiares, na mídia em geral, entre colegas de trabalho e até pessoas desconhecidas escutarmos assuntos relacionados a dinheiro - na maioria delas, sobre a falta dele! Grande parte da população brasileira ainda não sabe gerir adequadamente suas finanças; o brasileiro médio lida muito mal com o crédito e acaba em dívidas muito grandes; são poucas as pessoas que realmente investem em produtos financeiros que fazem com que o dinheiro trabalhem para elas. É aperto financeiro atrás de aperto financeiro - e isso acontece regularmente.

Dentro desse cenário, a Criterion foi fundada em 2011 por Phillip Souza, Sócio Diretor-Executivo, com o propósito de reeducar e de ajudar as pessoas a dominar uma parte muito importante de suas vidas: as finanças pessoais.

Desde então, tem sido realizado diversos atendimentos personalizados (Planejamento Financeiro) e diversos eventos de Educação Financeira tanto em empresas quanto em eventos (Feira do Empreendedor, Semana Nacional de Enfermagem, dentre outros) com o intuito de oferecer instrução e mudança real na vida financeira dos clientes e participantes (confira alguns Depoimentos).

MISSÃO

Ensinar, instruir, orientar e contribuir para mudar a cultura financeira de milhões de brasileiros através do planejamento financeiro pessoal e da educação financeira.

VISÃO

Tornar possível a realização de sonhos e a conquista de objetivos a partir de um planejamento financeiro sustentável fundamentado na mudança comportamental proporcionando maior qualidade de vida às pessoas.

VALORES

Resultado

Transparência

Qualidade

Inovação

Sustentabilidade Financeira

Quem é Phillip Souza?

Phillip Souza é autor, educador financeiro, mentor e terapeuta financeiro. É sócio-diretor executivo da Criterion Finanças Pessoais.

Enquanto cursava sua graduação em Gestão Comercial (UNA - BH/MG), trabalhou como representante comercial de enciclopédias (Barsa). Desde sempre é um aluno muito dedicado e, por isso, alcançou o mérito de melhor aluno em seu curso, recebendo uma Comenda de Ouro. Esse foi o seu passaporte para o mundo financeiro, pois com esse mérito ganhou uma pós-graduação para ser realizada na mesma universidade. Escolheu uma área bastante diferente de sua formação original que desencadeou todo processo: é especialista em Administração Financeira e tem MBA em Mercado de Capitais (UNA - BH/MG).

Depois de terminar sua especialização, procurou colocar todo aquele conhecimento em prática, em uma época difícil para o mundo: o pós-crise de 2008. Atuou por alguns anos como Agente Autônomo de Investimentos (o 'operador de bolsa') nas corretoras XP Investimentos e LinkTrade, quando conheceu a Educação Financeira ao ministrar diversos cursos e palestras sobre finanças pessoais e investimentos nessas corretoras.

Contudo, ele percebeu que muitas das pessoas que queriam acessar o mercado de bolsa não estavam preparados para tal: tanto tecnicamente quanto em termos de mentalidade. Identificou um nicho de mercado novíssimo que vem crescendo no Brasil ao longo dos últimos anos, mas ainda com muito espaço para desenvolvimento: planejamento financeiro e educação financeira.

Foi aí que a Criterion nasceu. Deixando de trabalhar como Agente Autônomo de Investimentos se deparou com um mercado muito diferente: o Brasil estava endividado. Muitas pessoas que tem ajudado nesses últimos anos precisaram de ajuda não para investir seus recursos, e sim para resolver problemas financeiros: dívidas.

Ajudando as pessoas a solucionarem essa doença que ainda vem se alastrando, percebeu que a principal causa para o desarranjo das finanças pessoais não estava relacionada com dinheiro: o problema era comportamental. Dinheiro é muito mais emoção que razão, mesmo quando achamos que estamos sendo racionais - o componente emocional SEMPRE vai existir. Estudou bastante sobre comportamento, hábitos, mentalidade financeira e de sucesso.

Nesses estudos conheceu a Programação Neurolinguística (PNL) e compreendeu que essa disciplina poderia ser a chave para resolver de forma eficaz e duradoura tais desafios. Após estudar mais sobre o assunto, Phillip tornou-se Master Practitioner Profissional em Programação Neurolinguística através do Instituto Pennafort/RJ e pelo World NLP Council. Por influência desses estudos do comportamento humano, tornou-se também Especialista em Neurociências pela UFMG.

Publicou um livro junto com seu amigo e parceiro JF Rozza sob o título "Jovens Investidores" em que ensinam o básico de administração financeira pessoal, solução de dívidas, investimentos em renda fixa, bolsa de valores e empreendedorismo.

Regularmente é convidado a dar entrevistas na TV, em jornais, e é chamado de "O Mago das Finanças" porque é um dos únicos profissionais no Brasil que une Programação Neurolinguística com Finanças tanto no atendimento personalizado (consultorias) quanto nas palestras e treinamentos que ministra provocando mudanças comportamentais reais e duradouras nas pessoas que tem contato com seu trabalho e atuação.